• Entrar Registo

    Collect

    Prémios

    Comunidade

    Como funciona

    Avalia este artigo "Aquele que anseia por almas"

    (4.6/5) 282 rankings
    patrick_kmg3, 20 february 2019 16:14

    Aquele que anseia por almas

    Em um artigo passado, escrevi aqui sobre o fantástico jogo Dark Souls, um RPG de ação que deixou sua marca no mundo dos jogos e é caracterizado por sua dificuldade extrema. Hoje, venho falar do game que é o “antecessor espiritual” de Dark: o também surpreendente Demon’s Souls, desenvolvido pela FromSoftware e lançado exclusivamente para PlayStation 3 em 2009. E, assim como seu sucessor, mesmo que tenha sido lançado há 10 anos, ele merece uma análise apenas para mostrar como ainda vale a pena ser jogado - e como se destaca como obra-prima.

    Da mesma forma que Dark Souls é uma sequência espiritual de Demon’s Souls, este último também é uma sequência espiritual de outro game: ele é o sucessor da franquia King’s Field, cujos jogos foram lançados para os saudosos e clássicos consoles da Sony, PlayStation 1 e 2. Em Demon’s Souls, estamos num mundo em colapso. Um rei de um grandioso reino chamado Boletaria, ao buscar e canalizar o poder das almas, conseguiu trazer enorme prosperidade para suas terras. Mas mal sabia ele do preço que todos pagariam por isso. Ao despertar o poder das almas, o monarca acabou despertando também o chamado Old One - uma entidade de poder inimaginável - de seu sono eterno. Esse poderoso ser fez com que o reino fosse tomado por uma densa névoa, que trouxe consigo uma horda de demônios. Os demônios caçavam humanos para tomar suas almas, se tornando assim cada vez mais fortes. Boletaria estava à beira da destruição completa e sem esperanças. Com a história se espalhando por todas as partes, muitos atravessaram a densa névoa e entraram no reino, desde cavaleiros e andarilhos até magos e clérigos, em busca de respostas ou com a esperança salvar aquelas terras. Mas nenhum deles jamais retornou. Aos poucos, a névoa de demônios avança e ameaça dominar todo mundo, fazendo com que a humanidade seja extinta nas mãos desses seres terríveis. Mas há uma última esperança. Um guerreiro solitário atravessa a névoa e adentra o reino de Boletaria. E é claro que esse guerreiro é você. Teria Boletaria encontrado sua salvação? Ou teriam os demônios encontrado uma nova vítima?



    Assim como em Dark Souls, isso é apenas uma introdução para um enredo muito complexo e mais instigante do que aparenta. A história muitas vezes não é contada diretamente, mas sim através de diálogos com personagens, descrição de itens, lutas contra chefes e até mesmo pela reflexão e conclusões do próprio jogador. A jogabilidade aqui é bem semelhante aos outros jogos da série Souls, sendo obviamente um pouco mais primitiva por ser a primeira delas, a que serviu de base para todas as outras. Você pode atacar, correr, usar itens e interagir com o cenário e os NPCs. É possível ser um cavaleiro que empunha uma espada gigante com as duas mãos ou um mago que cria colunas de fogo e imbui suas armas de magia, aumentando seu poder de ataque. A escolha de como seu personagem irá evoluir fica a seu critério. Aqui o mundo não é aberto, seguindo uma linha linear. Há cinco mundos que você deve completar, cada qual com suas respectivas fases, sendo que cada uma tem um chefe que deve ser derrotado. Os mundos são acessados a partir de uma base, chamada Nexus. Ao completar todos os mundos, você pode enfrentar o último boss. Essa mecânica remete ao estilo dos jogos clássicos e antigos. E assim como estes, Demon’s Souls é um jogo extremamente difícil.



    Você pode (e vai) morrer ao ser atacado por inimigos, chefes, por armadilhas no cenário, por cair em desfiladeiros… a dificuldade aqui é um fator central e por isso requer estratégia. E aqui há um sistema que foi abolido nos jogos seguintes da série Souls: a tendência de mundo. O que acontece é que um mundo pode ficar mais “branco” ou mais “negro”, a depender de suas ações nele. Matar um boss pode deixá-lo mais branco, o que faz com que inimigos dropem mais itens de cura e tenha seu HP reduzido. Já matar um NPC pacífico faz com que a tendência do mundo se torne mais negra, o que por sua vez faz com que os inimigos tenham mais HP e ataque mais elevado. A grande sacada é que determinadas áreas ou eventos só podem ser acessados com uma tendência completamente branca ou negra, fazendo com que talvez seja necessário mais de uma zerada no jogo para alterar a tendência de um mundo completamente. É um bom desafio para os que desejam explorar cada pequeno detalhe do game. E é claro, ao finalizá-lo uma vez, o jogo se torna mais difícil nas próximas tentativas.


    Diferente de Dark Souls, que possui uma ambientação mais fantástica, Demon’s Souls tem um enfoque mais medieval clássico de cenário, sempre envolto em névoa e trevas. O jogo transmite com maestria a sensação de desolação e destruição. Você claramente percebe o que um dia fora um grande reino, cuja grandeza agora se resume a ruínas e devastação. Cada mundo possui um ambiente único, com suas próprias características. O trabalho de design é realmente admirável, sendo que você pode até mesmo parar por alguns segundos apenas para admirar as construções e o cenário ao seu redor.



    Por fim, o jogo chega a trazer reflexões sobre o desejo inexorável por poder e as suas consequências - bem como até que ponto se pode ser corrompido por ele -, sobre quais ações tomadas são de fato corretas ou erradas e até que ponto a persistência (ou a ilusão) pode te levar. Como é possível perceber, os jogos da série Souls são bastante complexos em todos os sentidos, seja em história, gameplay ou mecânicas… diria que é impossível falar deles em sua totalidade num só artigo. Isto é apenas um pontapé inicial para os que desejam conhecê-lo melhor. Dependendo da aceitação, posso até mesmo escrever mais artigos explicando mais a fundo a história desses jogos. Caso tenham interesse, é só deixar nos comentários! E claro, se tiverem a oportunidade, não deixem de jogar essa obra de arte, a base de tudo que surgiu em Dark Souls!


    E como da última vez, para mostrar que o jogo não é brincadeira, abaixo deixo um video do nosso amiogo Smzinho em sua jogatina de Demon's Souls. Reparem na dificuldade de matar o boss mesmo com a ajuda de dois amigos:

    Avalia este artigo Aquele que anseia por almas

    (4.6/5) 282 rankings

    Comentários

    da hora demais,só presisa ter um pc bom pra rodar

    11 february 2021 15:29
    0

    bom artigo!!

    1 march 2021 22:27
    0

    é muito chato ter que fazer as missoes!!

    31 october 2020 19:09
    0

    faz um bom tempo que eu joguei esse jogo mais é bom saber que ainda possa ter artigo sobre ele

    6 february 2020 14:59
    0

    jogo bem bonito

    12 september 2021 17:52
    0

    parabens pelo jogo!😁

    6 march 2021 13:55
    0

    po man artigo fico muito foda

    28 august 2020 13:36
    0

    acabei de baixar é muito bom :0

    16 october 2020 00:58
    1

    mais faltou conteúdo

    24 july 2021 18:17
    0

    gostei também pelo desempenho

    24 july 2021 18:17
    0